Bahia Sem Fome investe 50 milhões em tecnologias de acesso a água para produção de alimentos e Dessedentação Animal

 

Governo do Estado anuncia a implantação de 1.125 cisternas calçadão de 52 mil litros e 1.722 barreiros trincheira familiar em 45 municípios do estado através de 15 lotes, como parte do Programa Bahia Sem Fome. Com um investimento de mais de R$ 50 milhões, a iniciativa tem como propósito fortalecer a segurança hídrica e alimentar no Semiárido baiano. O anúncio foi feito pelo governador Jeronimo Rodrigues e pelo Coordenador Geral de Ações Estratégicas de Combate à Fome, Tiago Pereira, em evento realizado no Parque da Lagoa do Abaté, em Salvador, nessa sexta-feira (22), Dia Mundial da Água.

Durante o evento, o governador enfatizou a importância da iniciativa para a segurança hídrica e alimentar do estado. “Água é um recurso fundamental para a vida e para a produção de alimentos saudáveis. Sem água, não há comida, não há vida. Estamos comprometidos em trabalhar para garantir o acesso a esse recurso vital e para que a sua utilização seja realizada de forma eficiente”.

Para o coordenador do Bahia Sem Fome, Tiago Pereira, o investimento representa um marco importante no trabalho que vem sendo realizado pelo Estado: “Nessa dimensão da transversalidade das políticas e da ação do Estado, a Água é um eixo prioritário do Programa Bahia Sem Fome, da Política de Segurança Alimentar e Nutricional, da Política de Agroecologia e Produção Orgânica e da Política de Convivência com o Semiárido. Portanto, essa é uma das nossas principais entregas, porque a gente compreende que investir em tecnologias de água é de fundamental importância para a manutenção da vida, para a produção de alimentos saudáveis e para que a gente possa, de fato, continuar construindo a dignidade e autonomia das famílias menos favorecidas no Estado da Bahia”, afirmou Pereira.

Bahia Sem Fome lança Ciência na Mesa 3

Além do investimento em tecnologias de água, outro edital no âmbito do combate à fome, da pesquisa e inovação foi lançado nessa sexta-feira.

O Ciência na Mesa 3 é uma medida que busca selecionar projetos inovadores de captação e armazenamento de água para diversas finalidades, como consumo humano, produção agrícola e cuidados com animais em áreas rurais e periurbanas. A iniciativa tem o objetivo de impulsionar tecnologias sociais que garantam o acesso à água e promovam práticas sustentáveis no campo, a partir das cinco linhas temáticas seguintes:

  • aprimoramento de cisternas de tratamento de água para consumo humano;
  • otimização de sistemas de captação e armazenamento de água para a agricultura familiar;
  • tecnologias de irrigação sustentável e eficiente;
  • promoção do uso de materiais e técnicas sustentáveis para implementação e melhorias das tecnologias sociais;
  • inclusão digital para agricultores familiares.

Os projetos selecionados serão financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fabesp), em parceria com vários órgãos governamentais, incluindo a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (Secti) e a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). A iniciativa também conta com o apoio da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades).

Sobre o Bahia Sem Fome

O Bahia Sem Fome é o Programa Estadual de Combate à Fome do Governo da Bahia, uma resposta à crise nacional que deixou mais de 33 milhões de brasileiros em situação de fome, incluindo 1,8 milhão na Bahia, segundo dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Pensan). A iniciativa busca garantir o acesso a alimentos de qualidade para populações em vulnerabilidade, promovendo segurança alimentar e nutricional e reduzindo os índices de insegurança alimentar grave. Por meio de uma abordagem intersetorial, o BSF mobiliza todas as áreas do governo estadual e diversos setores da sociedade para fortalecer a agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais, além de oferecer oportunidades de trabalho e renda para quem mais precisa.

Ascom/BSF

 

 

Doe aqui
Bahia sem fome
Icone Whatsapp