Bahia Sem Fome participa da inauguração do Complexo da Gestão Democrática da Educação

 

A Coordenação do Programa Bahia Sem Fome (BSF) marcou presença na inauguração do Complexo da Gestão Democrática da Educação Valmir Sampaio, realizada pelo governador Jerônimo Rodrigues, na manhã desta quarta-feira (27). A unidade tem como proposta ser ponto de elaboração e difusão de políticas públicas para a consolidação democrática da educação, e funcionará no Costa Azul, em Salvador.

O espaço colaborativo reúne o Conselho Estadual de Educação (CEE-BA), a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME-BA), o Fórum Estadual de Educação (FEE-BA) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-BA).

No local, o governador conheceu a estrutura do equipamento que tem o objetivo de fortalecer a gestão democrática da educação e promover a qualidade do ensino por meio de uma abordagem participativa e inclusiva. As salas da “Casa da Educação ou Casa do Regimento de Colaboração” receberam nomes de conselheiros e conselheiras, como forma de homenagem a essas figuras importantes para a democratização da educação. O local vai acolher, além da presidência, vice-presidência, diretoria, comunicação, assessoria, coordenações administrativa e financeira, o memorial 180 anos do Conselho de Educação Primaz do Brasil.

Representação e transversalidades

O complexo leva o nome do ex-conselheiro de educação, Valmir Sampaio, falecido em 2021 devido à Covid-19. A filha do educador, Sofia Sampaio, recebeu a honraria em memória de Valmir e se emocionou durante a entrega: “Que o nome de Valmir Sampaio seja um lembrete constante do poder de transformação da educação, e que a sua partida prematura pela falta de vacina seja um lembrete para que nenhuma vida seja perdida pela má administração e a falta de políticas publicas”.

A apresentação sobre o complexo foi realizada no Auditório Luiza Bairros, que leva o nome da ex-ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Brasil, entre 2011 e 2014, e conselheira de Educação na Bahia, onde foi radicada e consagrou a sua carreira política. Bairros faleceu em 2016.

Para o Coordenador Geral de Ações Estratégicas de Combate à Fome, Tiago Pereira, o Complexo é um passo importante no avanço da consolidação democrática do acesso à educação e a outros direitos constitucionais. “Estamos com uma tarefa central no Governo do Estado da Bahia, sob orientação do nosso governador Jerônimo, que é de construir uma Bahia Sem Fome. Estamos vivendo um dos indicadores alarmantes, que é 12,9% da população em situação de fome. Esses indicadores se correlacionam com um conjunto de outros indicadores de pobreza, de miséria, de baixo índice de acesso à educação pública e da permanência dos estudantes na educação pública. Portanto, essa agenda de enfrentamento à fome é transversal, é intersetorial. E aqui, na inauguração deste complexo, é também uma grande esperança para que, a partir das ações integradas, a gente possa, de fato, construir possibilidades para a superação da fome. Sabemos que a educação é um direito, é um direito constitucional, assim como o acesso à alimentação, e esperamos que neste espaço de gestão colegiada da educação a gente possa continuar implementado princípios democráticos para que a população baiana tenha acesso ao conjunto de direitos que historicamente foi negado”, finalizou Tiago Pereira.

Doe aqui
Bahia sem fome
Icone Whatsapp